Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Ensino > Pós-Graduação Stricto Sensu - Mestrado Profissional de Tecnologia das Radiações na Saúde > Docentes

Hélio Yoriyaz, Prof. Dr.

Graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1982); Mestrado em Reatores Nucleares de Potência e Tecnologia do Combustível Nuclear pela Universidade de São Paulo (1986); e Doutorado em Reatores Nucleares de Potência e Tecnologia do Combustível Nuclear pela Universidade de São Paulo (2000).

Currículo Lattes


Projetos e Linhas de Pesquisa


Projeto de Pesquisa:
Dosimetria das Sementes de Iodo-125 utilizadas em Braquiterapia.

Linha de Pesquisa: Dosimetria para Radioterapia: experimental e simulações.

Responsável? Não.

Descrição: Experimentos com dosímetros termoluminescentes (TLD) e Simulações utilizando código de Monte Carlo para Braquiterapia.


Projeto de Pesquisa:
Desenvolvimento de novos métodos terapêuticos com uso de Lasers em Medicina.

Linha de Pesquisa: Biofotônica: diagnóstico e terapia.

Responsável? Não.

Descrição: Lasers no desenvolvimento de novos métodos diagnósticos e terapêuticos na Odontologia, Medicina e demais áreas da Saúde. Caracterização de tecidos biológicos por espetroscopia de absorção no infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR). Estudo da interação da luz laser com tecidos biológicos seja no regime da óptica linear ou da óptica não linear, assistidas ou não por nanopartículas. Estudo dos efeitos de lasers de pulsos ultracurtos em tecido ósseo e pele. Estudo da prevenção e tratamento de efeitos adversos da radiação ionizante, como a mucosite oral. As principais técnicas utilizadas são a espectroscopia óptica de absorção, de fluorescência, micro-FTIR, difração de raios-x e termografia no infravermelho.


Projeto de Pesquisa:
Estudo da Dependência Energética de Detectores do tipo MOSFET para Uso em Radioterapia.

Linha de Pesquisa: Dosimetria para Radioterapia: experimental e simulações.

Responsável? Sim.

Descrição: O objetivo deste projeto é avaliar a acurácia do modelo de correção da reposta dos MOSFETS que normalmente são baseados na equação 1 e eventualmente propor modificações neste modelo inserindo uma correção que leve em conta não apenas o valor médio de energia dos fótons no volume alvo, mas o espectro energético dos fótons. As avaliações das diferenças na estimativa de dose resultantes desta nova metodologia serão realizadas em casos clínicos em braquiterapia e comparados com dados de sistemas de planejamento. Como parte do projeto pretende-se também realizar uma série de experimentos de medidas de dose utilizando-se diversas fontes de radiação abrangendo uma ampla faixa de energia em objetos simuladores de diferentes tecidos, tais como: PMMA, pulmão (inalado e exalado), tecido adiposo, fígado e diversos tipos de osso. A outra parte do projeto consistirá em estudos do comportamento da resposta de um MOSFET em diferentes campos de radiação em função da mudança do espectro energético de fótons em diferentes distâncias ou causados por mudanças da composição e/ou densidade do material alvo e circunvizinho. Este estudo será realizado com a modelagem geométrica e de composição de um MOSFET inserido num meio absorvedor através do uso de um código de Monte Carlo que possibilite simular a interação da radiação com a matéria. Com isso, pretende-se compreender melhor os mecanismos que influenciam na resposta destes detectores e aumentar a acurácia das medidas experimentais de dose para diversas situações.


Projeto de Pesquisa:
Implementação de novas ferramentas computacionais no sistema de planejamento 3D AMIGOBrachy.

Linha de Pesquisa: Dosimetria interna.

Responsável? Sim.

Descrição: O presente trabalho faz parte de um projeto de pesquisa em braquiterapia do grupo de Física Médica do Centro de Engenharia Nuclear do IPEN, o qual atualmente concentra seus esforços no desenvolvimento do sistema de planejamento AMIGOBrachy. Este software encontra-se em fase de desenvolvimento, de forma que existe uma grande demanda de trabalho e pesquisa para que o mesmo englobe uma maior variedade de casos clínicos e adequações as sugestões levantadas no novo protocolo braquiterápico TG-186 [Beaulieu et. al. 2012]. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo principal incorporar novas ferramentas ao software AMIGOBrachy, visando o desenvolvimento de um sistema de planejamento acurado que seja capaz de auxiliar o planejamento de diversas modalidades de tratamentos braquiterápicos 3D.

Eventos